Terça-feira, 5 de Junho de 2007

Como morrem os amores

 

...Os amores morrem de inanição...

Se não há alimento...

 

Os amores morrem de decepção...

Se não há sobriedade...

 

Os amores morrem de ciúmes...

Se lhes falta alento...

 

Os amores morrem de quietude...

Se não há cumplicidade...

 

Os amores morrem de tédio...

Se lhes faltam motivação...

 

Os amores morrem de egoísmo...

Quando se ama em solidão...

 

Os amores morrem cedo...

Quando falta compreensão...

 

Os amores morrem queimados...

No calor de uma discussão...

 

Os amores morrem sufocados

pela mágoa acumulada...

 

Os amores morrem afogados

No mar das mentiras criadas...

 

Os amores morrem doentes

quando somos intransigentes...

 

Os amores morrem dormindo

se a paixão vai se diluindo...

 

Os amores morrem

Porque nós o matamos...

 

Os amores morrem

se os sentimentos ocultamos...

 

Os amores morrem...

Porque não os vivemos...

 

Os amores morrem...

E, morrendo o amor...

Nós é que morremos...

 

(autor desconhecido)

sinto-me:

publicado por gijens às 14:02
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Frases para pessoas espec...

. Cisnei

. Quem acredita sempre alca...

. Como morrem os amores

. Aprendi .W.S

. O Virtual e o Real

. O Zelador da Fonte

. Citações poéticas

. O MISTÉRIO DO RELACIONAME...

. PRA QUE SERVE UMA RELAÇÃO...

.arquivos

. Junho 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

.links

Steppenwolf - Born to be Wild
SAPO Blogs

.subscrever feeds