Segunda-feira, 28 de Agosto de 2006

Heróis da Resistência

Vou deixar aqui algumas letras que eu amo.. de uma banda muito boa que de rock nacional que marcou gerações...

A Canção da Despedida

Heróis da Resistência

Composição: Leoni

Eu saí da estrada há muito tempo atrás
Indo atrás de uma miragem que desapareceu
Só os loucos acreditam em fantasmas
Como o amor eterno que alguém prometeu
Eu dei mais do que podia e isso não bastou
Mas um dia a gente acorda, a febre já passou

E hoje estou de volta à vida
Aos os amigos, aos sorrisos sob o sol
E hoje estou de volta à vida
Pra você essa é a canção da despedida

Dessa vez perdi o rumo e a medida
Fiquei tão fraco quanto alguém pode ficar
Nessa viagem quase cego eu te seguia
E fazia quase tudo pra agradar
Eu tentava acreditar que isso é que era amor
Eu estive tão doente, agora já passou

E hoje estou de volta à vida
Aos amigos, aos sorrisos, sob o sol
E hoje estou de volta à vida
Pra você essa é a canção da despedida


Nosferatu

Heróis da Resistência

Composição: Indisponível

Comendo na sua cama
São Paulo pela janela
Me parece tão distante
Nessa semana de romance

Passo dias no seu quarto
Sem roupa nos seus braços
Sentado no chão do box
Te devorando em baixo d’água

Morro de tédio e tristeza
Quando você vai pro trabalho
E eu fico em casa deitado
Solidão de Nosferatu

Eu quero ter seu sangue
Nos dias mais impróprios
O seu cheiro e um beijo morno
Na hora em que eu abro os olhos

Tiro férias do universo
Vivendo às suas custas
Realizo os seus desejos
Seu gigolo sem culpas

Vem se esquenta em mim
Vem se encosta em mim
Nenhum outro lugar
Pode ser melhor que aqui
Pra te proteger
Pra te ameaçar
Nenhum outro lugar
Pode ser melhor que aqui

O Fim da estrada

Heróis da Resistência

Composição: Leoni

Sob o sol de maio
A chuva cai
O medo é real, habita o alto das montanhas
Fere como um raio
O homem tem direito de escolher
Crescer,ser uma flor, então sumir na estrada até
Seu nome se apagar no céu
Não vá querer dizer o que fazer
Ao coração, livre pra escolher
Não vá dizer o fim da estrada também
Pode ser o amanhecer
Só quem foi marcado sabe bem
Tem hisórias pra contar quando o verão chegar
Com suas novidades no ar
Não vá querer dizer o que fazer
Ao coração, livre pra escolher
Não vá dizer o fim da estrada também
Pode ser o amanhecer
Não tenho mais nada pra te dar
A não ser minha verdade
Que os muros caiam, estou pronto para ir
Abram todas as fronteiras, o que feriu a sua pele me atingiu
Não vá querer dizer o que fazer
Ao coração, livre pra escolher
Não vá dizer o fim da estrada também
Pode ser o amanhecer
Não vá querer dizer o que fazer
Ao coração, livre pra escolher
Não vá dizer o fim da estrada também
Pode ser o amanhecer

Sinal dos Tempos

Heróis da Resistência

Composição: Indisponível

Eu vim falar, sobre tristeza nesta canção
Tristeza por trás do riso, que a gente sente em ter razão
Em algum lugar derramam óleo, no meu coração e alguém mais sente é tão normal é o sinal dos tempos em nós, sinal dos tempos em nós.
Eu vim lembrar, desta esperança que queima as mãos
E a gente passa adiante, de geração pra geração.
Os sonhos encomodam tanto no meu coração, viver sem sonhos é tão normal é o sinal dos tempos.
Tendo não notar mas o motivo da dor que eu sinto é a culpa que eu divido, por todos nós é o sinal dos tempos
Tento não lembrar de um sonho antigo mas não consigo e a dor que agora eu sinto, no fundo é só o sinal dos tempos em nós.
Vão me dizer, não era essa a nossa intenção e isso não é nossa culpa, mas a gente é sócio nessa ambição, em algum lugar eu queimo as matas do meu coração, e amo os outros quando lembro, se eu me lembro.
Tendo não notar mas o motivo da dor que eu sinto é a culpa que eu divido, por todos nós é o sinal dos tempos
Tento não lembrar de um sonho antigo mas não consigo e a dor que agora eu sinto, no fundo é só o sinal dos tempos em nós.
Sempre é bom lembrar que se eu me sinto tão solidário na culpa que eu divido escuto atento ao sinal dos tempos é que ainda tem lugar, pro sonho antigo compartilhado na culpa que eu divido e sigo ouvindo o sinal dos tempos em nós.




publicado por gijens às 18:01
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Frases para pessoas espec...

. Cisnei

. Quem acredita sempre alca...

. Como morrem os amores

. Aprendi .W.S

. O Virtual e o Real

. O Zelador da Fonte

. Citações poéticas

. O MISTÉRIO DO RELACIONAME...

. PRA QUE SERVE UMA RELAÇÃO...

.arquivos

. Junho 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

.links

Steppenwolf - Born to be Wild
blogs SAPO

.subscrever feeds